Hangout - Quem tem medo do Escola sem Partido?


Curta o Destro Direitoso e faça um esquerdo chorar:







Olavo de Carvalho, Beatriz Kicis, Miguel Nagib e o Dep. Rogério Marinho falam do medo
que a mídia e os “professores” doutrinadores têm acerca do projeto Escola Sem Partido.

CLIQUE AQUI se tiver problemas para assistir o vídeo.



↓↓↓ Veja também ↓↓↓


Professores militontos recebem aula opressora na Comissão da Educação







Marcel van Hattem X Leandro Karnal - ESCOLA SEM PARTIDO



Curta o Destro Direitoso e seja oprimido todos os dias em sua timeline.



Compartilhe

Related Posts

Post anterior
Next Post »

2 comentários

Write comentários
15 de julho de 2016 18:48 delete Este comentário foi removido pelo autor.
avatar
15 de julho de 2016 18:53 delete

Muito esclarecedor. Um grupo de alto poder argumentativo e convincente, sem papas na língua e sem medo de expor o ridículo desta tal de escola politizada. escola é para ensinar o despertamento do intelecto crítico, dentro das matérias que desenvolvam o conhecimento geral do mundo à sua volta, do pensamento matemático, das verdades históricas comprovadas e não condicionadas à política vigente. A escola é a abertura para o mundo e não a doutrinação inconsciente e inconsequente de uma ideia única marxista.É para incentivar a leitura em geral, de livros que levem ao raciocínio e à discussão clara, comparando escritores com escritores e ter uma conclusão positiva em relação às experiências advindas dos escritores, cujas tendências políticas podem ser vistas e estudadas na história dos países que aceitaram um ou outro e comparar qual foi a melhor experiência de cada país, pelo seu desenvolvimento ou atraso, pela sua liberdade democrática ou escravismo e servilismo de seus povos. É preciso uma escola que abra o leque para que o indivíduo não seja apenas um robot comandado, mas um ser humano de livre pensamento, inteligência e mente aberta, para não se tornar uma analfabeto funcional, mas um homem livre e convicto de suas liberdades de pensamento, palavra, opinião e crítica, para poder fazer oposição a quem quiser dominá-lo por ideias contraditórias e vazias, sem sentido e com viés de esquerda. FORA ESQUERDOPATAS! ESCOLAS SEM PARTIDO!

Reply
avatar