Bene Barbosa fez mal em aceitar convite de João Dória?



Curta o Destro Direitoso e faça um esquerdoso chorar:






Luis Vilar comenta:

UM POUCO SOBRE BENE BARBOSA E O PAPO COM DÓRIA

Se você não entende a importância do Bene Barbosa (Benedito Gomes Barbosa Jr.) ter aceito o convite do prefeito João Dória e ter ido lá defender uma pauta com base na lógica, nos argumentos e nos estudos sérios sobre o assunto, você precisa repensar.

Dória - o desarmamentista - teve que ficar balançando a cabeça em sinal de positivo, desconversar aqui e ali para não dar espaço para a surra intelectual ser maior ainda, e - como se não bastasse - ainda ficava com o “cito isso para reforçar mais ainda o seu argumento”.

Bene Barbosa transformou as ações passadas de Dória - em relação ao desarmamento - em pó. E o melhor: arrancou do prefeito declarações, gestos de concordância, e falas que poderão ser usados contra ele na próxima parceria - caso haja - com o Instituto Sou da Paz.


Se Dória tiver o mínimo de coragem e honestidade intelectual, já chuta o Sou da Paz hoje. Se não fizer, é porque é o que é: um bom gestor, porém um tucaninho.

Não é função de quem luta por uma ideia - com base em décadas de estudo - se render a este ou aquele grupo político, mas sim ocupar espaços para que suas ideias reverberem e possam conscientizar quem não tem acesso a algumas informações necessárias ao tema. Nisso, Bene Barbosa é o MELHOR entre todos que estudam o tema.

Com tais informações em mãos, aí o sujeito que as recebe julgará se muda de posição ou não.

No caso específico de Dória, ficou claro que ele não tinha base, nem elementos, para discordar de Bene Barbosa. Ou seja: se no futuro continuar com esse discurso desarmamentista teremos a certeza absoluta de que Dória não é um desinformado, mas sim um desonesto intelectual, pois se mostrou convencido em uma entrevista, mas agiu de outra forma na prática.

E este desnudamento de Dória sempre vai ser uma dívida que todos os armamentistas terão para com Bene Barbosa. E terão pelo fato dele ser um estudioso sério, um pesquisador do tema e não simplesmente alguém que com “compromissos circunstâncias” em função de um momento político.

Os que criticam, porque o papo foi com Dória, deveriam pensar um pouco mais nisso. Pois, eu aceito conversar e debater sobre desarmamento civil x armamento civil com qualquer um. Sempre com educação e pautado pelos estudos que fiz. Não raro, foi justamente assim que convenci muitas pessoas ao meu redor que tinham uma visão equivocada sobre o assunto.

Se eu já tinha uma admiração profunda pelo Bene Barbosa, esta admiração só aumenta. O que Bene Barbosa fez ontem foi simplesmente um passo importante que - não se enganem - terá desdobramento entre parlamentares federais. Se duvidam, compartilhem a entrevista em seus perfis marcando os parlamentares de seus estados.

Se Dória é hoje a “estrela brilhante” dos tucanos, o ninho do PSDB ficou de calças curtas no dia de ontem ao observar uma de suas aves balançando o bico em sinal de positivo para o que estava ouvindo depois de ter se aliado ao Sou da Paz.

Confira a entrevista que deu o que falar:



Eduardo Bolsonaro também se manifestou sobre o assunto:




60 minutes foi pra Suécia provar que refugiados são pacíficos e olha o que aconteceu





Procuradora diz que criança NÃO pertence à família, e passa mal ao ser desmascarada


Entrevistado constrange repórter da GLOBOsta ao citar Trump e Bolsonaro


Jornal antigo é um perigo
VEJA O QUE SAIU NA CAPA EM 1989









Compartilhe

Related Posts

Post anterior
Next Post »